Veli T - Pegasus


Inspirei-me nas bicicletas de pista para criar uma bicicleta leve e veloz, mas sem esquecer os desafios diários de quem utiliza a bicicleta como meio de transporte. 

A 3ª geração do quadro Veli é a mais comprida e larga, possibilitando inúmeras opções de configuração incluindo a mais radical mudança de rodas 20" (406) para 20" (451), uma medida muito antiga usada por exemplo nas bicicletas Peugeot de corrida juvenis. Actualmente é a medida de eleição para muitas minivelo japonesas e recentemente a indústria das dobráveis também está a apostar nela, o caso de marcas como a Dahon e a Tern

Qual a diferença?
Mais diâmetro de roda, pneu mais fino, mas mantendo o comprimento da bicicleta. Ou seja em vez de teres um pneu muito grosso na medida convencional 406 (ex. Schwalbe Big Apple) tens um pneu mais fino que prioriza a diminuição do atrito e aumento da aceleração e velocidade com aproximadamente o mesmo perímetro final. Não é um upgrade, é apenas mais uma opção.



Pegasus by Veli
Uma nova categoria Veli. Quando vires a referência Pegasus à frente do nome do produto (ex. Veli T - Pegasus ou Veli T2 - Pegasus) sabes que são as bicicletas mais rápidas e não tem de ser necessariamente single-speed ou de roda 451

Veli T - Pegasus
Já tinha postado aqui os meus experimentos com esta medida em single speed. Mas ao fim de um bom tempo de testes cheguei à conclusão que o produto final só ficaria perfeito com um rácio idêntico a uma bicicleta de pista convencional de roda 700.  
👇
Rácio de uma bicicleta com pneu 25-622 (roda 700) + Prato 46 + Carreto 16 - 5.7
Rácio da Veli T com pneu 28-451 (roda 20") + Prato 58 + Carreto 16 - 5.4
👆


Acredito que um ciclista urbano que quer uma single speed, é porque quer uma bicicleta minimalista, pouca manutenção e rápida. E tenho sempre isso em mente quando construo uma. A melhor maneira de descobrir a relação que melhor se adequa ao teu caso é ter a tua bicicleta actual como exemplo, fazer o cálculo e chegar a números próximos mas neste tamanho de roda 20. 


Fugindo à tentação do guiador bullhorn e respondendo à normal procura, preferi usar nesta configuração o guiador flat com elevação. O avanço é um pouco mais baixo do que as outras versões da Veli o que nos dá uma postura mais desportiva, optima para curtar vento. Outra vantagem é a possibilidade de usares a maioria dos acessórios para a slot frontal Klickfix

O adaptador da imagem é o Tern Luggage Truss que suporta até 7kg dependendo do acessório que se coloque. Neste caso um Kanga rack (igual ao Klickfix Vario)



O selim singlespeed da Selle Monte Grappa


Os aros clássicos da Gurpil são leves, parede simples mas com uma estrutura robusta, largos e muito bom acabamento. O pneu Schwalbe Durano de 28 mm nestes aros fica um pouco mais largo. Para esta medida também há pneus muito bons da Maxxis e Panaracer. Estes Durano são a solução mais equilibrada que encontrei para este setup.
O travão ferradura é o mesmo da série Veli Classic, com provas dadas. Os pivots para o vbrake (para rodas 20-406) nas fotos não estão ainda tapados. No produto final que vai para o site, levam umas tampinhas de borracha. 



Sobre o preço final depende do que se instala. É importante relembrar que já não faço séries, ou seja mesmo que vejas os produtos online é provável que não os tenha em stock, os materiais podem ser ligeiramente diferentes e os pedidos para uma Veli são tratados por email à moda antiga em que o mais importante é fazer uma bicicleta à tua medida. 
Fica atento ao site da Veli.  




Segue o minivelocentral.com aqui, recebe por email os novos posts e partilha nas redes se achaste interessante.




Comentários