10 mini bicicletas para cicloturismo

Pronto toma lá um clickbaitzinho para não ser sempre tão certinho😁

Minivelos e dobráveis são também óptimas máquinas para touring e muitas são pensadas de raiz para isso. Fazer kms de bicicleta e combinar com outros modos como o comboio, autocarros, etc pode ser muito valioso.

Recomenda-se sempre uma bicicleta robusta que não tenha partes muito difíceis de encontrar ou reparar, porque nunca se sabe o que nos espera. Ficam de fora por ex. eléctricas e c/discos hidráulicos;
Fazer uma lista destas é sempre algo muito complicado e que pode ser injusto. "A melhor bicicleta" é sempre aquela que mais usas, mas para isso é preciso que a uses! Por isso esta lista é baseada essencialmente em experiências de muitos utilizadores que encontras facilmente pela net. Outras serão mais pelas características base em si. Aliás, propositadamente escolhi uma foto de capa que nem é uma bicicleta da lista. (por ter travões hid.)


Tern BYB
A mais recente máquina urbana dobrável da Tern é também aquela que tem o quadro mais robusto, pela sua dupla tubagem central. Para além disso tem uma amplitude enorme nas mudanças (8v) e suporte traseiro próprio para panniers Ortlieb ou idênticos. Na frente consegues levar até 15kg sem interferir na direcção. Recomendo para quem vai fazer uma grande % da viagem em comboios/autocarros. 

Tern Joe C21
Uma máquina dobrável um pouco maior com roda 26" e transmissão muito ampla 3x7. Dobra-se em 5 segundos e como tem um quadro grande é fácil colocar suportes frontais/traseiros e fazer os upgrades que possas achar necessário para estar à altura. 
10 anos de garantia num quadro que é muito robusto.

Moulton TSR

Praticamente todas as Moulton são máquinas preparadas para cicloturismo. Os quadros em aço Reynolds, num formato "space-frame" são muito confortáveis para longas distâncias e a dupla suspensão com as rodas 20" são uma combinação explosiva. Outro detalhe precioso é que o quadro separa-se ao meio muito facilmente, podendo ser guardado em dois pequenos sacos próprios.
A Moulton em cima é uma TSR 8 com 8 velocidades de mudanças de cubo. Mas também há outras configurações (ex Sram 9v). Se puderes gastar mais um pouco tens a nova XTB gravel bike (em baixo) ou a SST com algumas melhorias em relação à TSR.





Dahon Dash P18

Esta Dahon é talvez a que considere a mais equilibrada para cicloturismo, tendo em conta o que já vem de origem e o preço. Uma transmissão 2x 9 Tiagra e um quadro minivelo dobrável através de dois parafusos no meio. Aa zona central do quadro é um bloco sólido com dentes em cima e em baixo que encaixam, sendo apertados com um parafuso sextavado. Tecnologia chamada Lockjaw.
As rodas são 20" mas 451mm (aprox 22") sendo o único ponto menos positivo dela por haver poucos pneus (gosto muito desta medida para cidade). Tem um peso de apenas 10kg!
 👉 http://bklisboa.pt/produto/dahon-dash-p18
https://www.minivelocentral.com/search?q=dahon+dash
👉 bklisboa.pt/dahon


Dahon Cadenza

Com a mesma tecnologia da Dahon Dash, esta bicicleta de roda 26 tem tudo aquilo que precisas para cicloturismo excepto os guardalamas e suportes que não terás dificuldade em encontrar para este formato de bicicleta mais conhecido. Não é tão leve como a Dash, são quase 14kg,  mas tem travões de disco e uma maior amplitude de mudanças. Está em linha com a Tern Joe em cima, mas melhor equipada de origem.
👉 bklisboa.pt/dahon


Bike Friday
A americana Bike Friday faz bicicletas para touring à medida do freguês. São uma referência com os seus quadros muito robustos em aço cromoly e cheios de furações para os diversos acessórios. A distância entre eixos também é grande para boa estabilidade. Podes pedir um modelo que se divida ao meio ou dobrável.
Na foto, uma New World Tourist dobrável

Montague
Outra bicicleta full-size que também dobra. A Montague é outra referência para cicloturismo para quem faz pelo menos 80/90% da viagem em bicicleta. Tem roda 28" e por isso não é tão prática para o transporte regular em autocarros, mas ideal para uma ou outra ocasião.
👉 https://www.montaguebikes.com/


Dahon Speed
A Speed é em aço cromoly 4130 com a dobragem tradicional e esta da imagem é o modelo D30 com 30 mudanças! Esta bicicleta é a Dahon mais usada em viagens grandes, não faltam relatos online.
O segredo está no seu quadro em aço que absorve melhor os impactos e na facilidade de dobragem. Em tempos houve mesmo uma Speed Tr
A japonesa Tyrell tem o seu quadro X que dobra. A parte traseira roda em torno de um eixo e vem para a frente. A forqueta tem uma dobradiça horizontal que empurra a roda para trás
É em teoria um quadro mais confortável e robusto do que a Dahon Dash, mas também estamos a falares de valores entre os 2 e 3mil. 


Birdy 

É impossível fechar este post sem falar nela. Desenhada para cicloturistas a Birdy é a bicicleta de touring mais compacta que existe e com uma dupla suspensão que encosta às boxes muitas bicicletas de btt com suspensão tradicional.
Está disponível em 3 versões, sendo que a recomendada é a "Birdy Touring" com 8 mudanças de cassete Shimano Deore. Tal como a Dahon Dash, um ponto menos positivo para o tamanho menos comum de roda, o 18".
👉https://www.r-m.de/


E é isto, 10 opções para se ter em consideração na hora da viagem, ou melhor, uns mesitos antes da viagem :)) Convém andar com a nova aquisição na rotina diária para a conhecer melhor e perceber o que funciona e o que não funciona.

Há também a hipótese de montares uma com a minha ajuda.
Vê aqui - https://www.minivelocentral.com/p/minivelo-lab.html


Segue o minivelocentral.com aqui, recebe por email os novos posts e partilha nas redes se achaste interessante.



Comentários